Calorimetria - 2ª Lista – Dilatação

11) As tampas metálicas dos recipientes de vidro são mais facilmente removidas quando o conjunto é imerso em água quente. Tal fato ocorre porque:
a) a água quente lubrifica as superfícies em contato, reduzindo o atrito entre elas.
b) a água quente amolece o vidro, permitindo que a tampa se solte.
c) a água quente amolece o metal, permitindo que a tampa se solte.
d) o metal dilata-se mais que o vidro, quando ambos são sujeitos à mesma variação de temperatura.
e) o vidro dilata-se mais que o metal, quando ambos são sujeitos à mesma variação de temperatura.

12) O diagrama representa a variação de comprimento de uma barra metálica em função da variação correspondente de sua temperatura. O coeficiente de dilatação linear do material de que é feita a barra vale, em oC-1:



13) Um anel de cobre, a 25 oC, tem um diâmetro interno de 5,00 cm. Qual das opções abaixo corresponderá ao diâmetro interno deste mesmo anel a 275 oC, admitindo-se que o coeficiente de dilatação térmica do cobre no intervalo 0 oC a 300 oC, é constante e igual a 1,60.10-5 oC-1?
a) 4.98 cm
b) 5,00 cm
c) 5,02 cm
d) 5,08 cm
e) 5,12 cm

14) Uma barra de cobre de 1000 mm de comprimento à temperatura de 24 oC tem, para coeficiente de dilatação linear, 1,7. 10-5 oC-1. Então, a temperatura em que a barra terá um milímetro a menos de comprimento será:
a) -31 oF
b) - 59 oF
c) 95 oF
d) 162,5 oF
e) n.r.a.

15) Uma plataforma P encontra-se apoiada na posição horizontal sobre duas colunas, A e B, a uma certa temperatura inicial to, sendo a altura da coluna A o dobro da altura da coluna B. Para que a plataforma P permaneça na posição horizontal em qualquer temperatura t, a relação entre os coeficientes de dilatação linear das colunas A e B deve ser:



16) A diferença entre os comprimentos de duas barras vale 50 cm, qualquer que seja a temperatura que suportam. Os coeficientes de dilatação linear valem respectivamente 0,000016 oC-1 e 0,000021 oC-1. Assim sendo, podemos dizer que a barra maior mede:
a) 160 cm
b) 210 cm
c) 320 cm
d) 270 cm
e) 180 cm

17) Um pino metálico, a uma dada temperatura, ajusta-se perfeitamente em um orifício de uma placa metálica. Se somente a placa for aquecida, verifica-se que:
a) o pino passará mais facilmente pelo orifício.
b) haverá contração apenas do orifício da placa.
c) o pino não mais passará pelo orifício.
d) é impossível prever o efeito, desconhecendo o coeficiente de dilatação linear dos dois metais.

18) Uma placa retangular mede 10 cm x 20 cm quando está a 0 oC. O material da placa tem coeficiente de dilatação linear de 10-6 oC-1. Quando a temperatura é de 20 oC, a área da placa varia:
a) 8.10-3 cm2
b) 4.10-3 cm2
c) 4.10-6 cm2
d) 8.10-6 cm2
e) 2.10-3 cm2

19) Uma chapa plana de uma liga metálica de coeficiente de dilatação linear 2.10-5 oC-1 tem área A, à temperatura de 20 oC. Para que a área dessa placa aumente 1 %, devemos elevar a sua temperatura para:
a) 520 oC
b) 470 oC
c) 320 oC
d) 270 oC
e) 170 oC

20) Uma chapa quadrada de metal tem um furo quadrado no centro, Considere as dimensões indicadas na figura. Aumentando-se a temperatura da chapa, o seu perímetro aumenta 30 mm. Nesse caso, o perímetro do furo irá:

a) permanecer o mesmo.
b) diminuir 30 mm.
c) aumentar 30 mm.
d) diminuir 10 mm.
e) aumentar 10 mm.

21) O coeficiente de dilatação superficial de um material sólido, homogêneo e isótropo é = 2,44.10-5 oC-1. O coeficiente de dilatação volumétrica valerá:


22) Um paralelepípedo a 10 oC possui dimensões iguais a 10 x 20 x 30 cm, sendo constituído de um material cujo coeficiente de dilatação linear é 8.10-6 oC-1. Quando sua temperatura aumenta para 110 oC, o acréscimo do volume, em cm3, é:
a) 144
b) 72,0
c) 14,4
d) 9,60
e) 4,80

23) O tanque de gasolina de um carro, com capacidade para 60 litros, é completamente cheio a 10 oC, e o carro é deixado num estacionamento onde a temperatura é de 30 oC. Sendo o coeficiente de dilatação volumétrica da gasolina igual a 1,1.10-3 oC-1, e considerando desprezível a variação de volume do tanque, a quantidade de gasolina derramada é, em litros:
a) 1,32
b) 1,64
c) 0,65
d) 3,45
e) 0,58

24) Um petroleiro recebe uma carga de 1,0.10^6 barris de petróleo (1,6.10 ^5 m3) no Golfo Pérsico, a uma temperatura de aproximadamente 50 oC. Qual a perda em volume, por efeito de contração térmica, que essa carga apresenta, quando descarregada no sul do Brasil, a uma temperatura de cerca de 20 oC? O coeficiente de expansão (dilatação) térmica do petróleo é aproximadamente igual a 1.10-3 oC-1.
a) 3 barris
b) 3.10^1 barris
c) 3.10^2 barris
d) 3.10^3 barris
e) 3 10^4 barris

25) A temperatura de um corpo homogêneo aumenta de 20 oC para 920 oC e ele continua em estado sólido. A variação percentual do volume do corpo foi de 3,24%. O coeficiente de dilatação linear médio do material, em 10-6 oC-1 vale:
a) 12,0
b) 24,0
c) 32,4
d) 120
e) 240

26) Duas esferas de cobre, uma oca e outra maciça, possuem raios iguais. Quando submetidas à mesma elevação de temperatura, a dilatação da esfera oca, comparada com a da maciça, é:
a) 1/3
b) ¾
c) 4/3
d) a mesma.
e) n.r.a.

27) Quando um frasco completamente cheio de líquido é aquecido, este transborda um pouco. O volume do líquido transbordado mede:
a) a dilatação absoluta do líquido.
b) a dilatação absoluta do frasco.
c) a dilatação aparente do frasco.
d) à dilatação aparente do líquido.
e) a dilatação do frasco mais a do líquido,

28) Suponha um recipiente com capacidade de 1,0 litro cheio com um líquido que tem o coeficiente de dilatação volumétrica duas vezes maior que o coeficiente do material do recipiente. Qual a quantidade de líquido que transbordará quando o conjunto sofrer uma variação de temperatura de 30 oC? Dado: coeficiente de dilatação volumétrica do recipiente = 2 .10-5 oC-1.
a) 0,01 cm3
b) 0,09 cm3
c) 0,30 cm3
d) 0,60 cm3
e) 1,00 cm3

29) A densidade de um sólido, a zero grau Celsius, é igual a 10,10 g/cm3. Seu coeficiente de dilatação linear vale oC-1 . Admitindo-se que os coeficientes de dilatação linear, superficial e volumétrica permaneçam constantes, a densidade do corpo a 100 oC valerá, em g/cm3:
a) 9,50
b) 9,70
c) 9,75
d) 9,85
e) 10,00

Gabarito

5 comentários:

  1. Por favor, é possivel saber a resoluçao dos exercicios por completo? Especialmente do 16?
    Des de já, obrigada

    ResponderExcluir
  2. Suponha um recipiente com capacidade de 1,0 litro cheio com um líquido que tem o coeficiente de dilatação volumétrica duas vezes maior que o coeficiente do material do recipiente. Qual a quantidade de líquido que transbordará quando o conjunto sofrer uma variação de temperatura de 30 oC? Dado: coeficiente de dilatação volumétrica do recipiente = 2 .10-5 oC-1.
    a) 0,01 cm3
    b) 0,09 cm3
    c) 0,30 cm3
    d) 0,60 cm3
    e) 1,00 cm3
    ??????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????

    ResponderExcluir
  3. pó tem como deixar o resultado da 22 ai flw...

    ResponderExcluir
  4. não adianta jogar uma questão. Tem que ter resolução.
    1º Eu tento fazer depois olho o gabarito, se estiver errado quero saber porque...

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir